Câmara de Joinville entrega “Título de Cidadão Honorário ” a Deputado

PUBLICADO: 24/04/2018 - 16:01 | ATUALIZADO: 26/04/2018 - 18:51

DA REDAÇÃO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

A Câmara de Vereadores de Joinville entregará nesta quinta-feira (26), em sessão solene o título de cidadão honorário da cidade ao deputado estadual NARCIZO LUIZ PARISOTTO (PSC), o pedido foi realizado pelo vereador JAIME EVARISTO, do mesmo partido.

Antes de tudo estamos falando dos políticos e da política e não das pessoas físicas ou o papel que eles fazem na vida pessoal. Mas de uma homenagem que é custeado pelo dinheiro público.


 

Segundo matéria da Câmara de Joinville, o título de cidadão honorário é concedido a natural de outros municípios que tenham “PRESTADO RECONHECIDOS SERVIÇOS À COMUNIDADE DE JOINVILLE”. De acordo com a justificativa do projeto de autoria do vereador JAIME, a trajetória política de PARISOTTO iniciou na década de 80, elegendo-se vereador em Chapecó.

Como deputado estadual, trabalhou para o aparelhamento de hospitais do interior de Santa Catarina. Em 2015, nos debates do Plano de Educação de Santa Catarina, apresentou emenda modificativa para que não houvesse nenhuma referência na lei à ideologia de gênero. Atualmente é membro de seis comissões técnicas da Alesc.



OPINIÃO:
Um título de Cidadão Honorário da Cidade, com toda certeza temos inúmeras outras pessoas em que moram em Joinville, vindas de outras cidades que realizam atos extremamente importantes, como Policiais, Bombeiros, Professores, Associações, Radialistas e inúmeros seres anônimos que merecem esse mérito, mas por não trazerem nenhum retorno sejam menos importantes que outros.

HOMENAGEM É APENAS UM ATO POLÍTICO CUSTEADO PELO POVO: A grande questão é que o homenageado nunca morou em JOINVILLE, e verificado o site da ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA (ALESC), não encontramos nenhum projeto de lei, que fosse direcionado exclusivamente a cidade de JOINVILLE.

OPINIÃO POLÍTICA: No ano de 2017 EVARISTO, que propôs a homenagem foi agraciado também com uma honraria na ALESC, pelo próprio deputado em questão, então como é do mesmo partido nada como retribuir, porém estamos falando de uma horária e não de cargos ou favores políticos.

ELEIÇÕES 2018: Em meados de 2017, o vereador EVARISTO em reunião confirmou que o deputado PARISOTTO, que é presidente do PARTIDO SOCIAL CRISTÃO (PSC), deu o aval para que o vereador contasse com seu respaldo e apoio para ser pré-candidato a DEPUTADO FEDERAL em 2018.

Essa informação foi oficializada em agosto, e logo em outubro o vereador entrou com o pedido de projeto no PORTAL DA CÂMARA para dar ao NARCIZO PARISOTTO, o título de cidadão honorário de Joinville. Projeto esse aprovado no plenário da casa.

O Deputado Estadual também recebeu a mesma honraria na Câmara de PAPANDUVA, onde no dia 10 de abril esteve com seus assessores e o vereador EVARISTO na cidade de TRÊS BARRAS (SC), inaugurando uma rua.

Não à dúvidas que a carreira de político com seus seis mandatos é honrosa para ele e seu reduto político que é CHAPECÓ (SC), no Oeste Catarinense, que ele representa na ALESC.

Mas para JOINVILLE como político, não vejo qualquer tipo de protocolo, moção, honraria e ou projeto político que possa sustentar essa homenagem que como diz o próprio regimento interno da Câmara de Joinville é concedido a natural de outros municípios que tenham “PRESTADO RECONHECIDOS SERVIÇOS À COMUNIDADE DE JOINVILLE”.

A questão não é somente o título para o político em si, mas o gasto público que temos em torno disso, como elaboração do projeto, votação da câmara, sessão solene em dia extra e os gastos funcionais. A realidade é que com a custas do dinheiro público se faz troca de favores em pleno ano de eleição.

COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE