455 mortes nas rodovias federais em 2015 em SC, veja detalhes

PUBLICADO: 31/03/2016 - 18:52 | ATUALIZADO: 31/03/2016 - 18:52

DE VICTOR HUGO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

SANTA CATARINA: A Polícia Rodoviária Federal divulgou nesta quinta-feira (31), um relatório detalhado dos acidentes ocorridos em 2015.

Foram analisados os 368 acidentes com óbitos no ano de 2015. Esses 368 acidentes fatais causaram 455 mortes nas rodovias federais de SC no ano de 2015.

Dos 455 mortos:
82 eram motociclistas (18%)
63 eram pedestres (14%)
22 eram ciclistas (5%)
216 mortes (47%) ocorreram em acidentes envolvendo caminhões/carretas
128 mortes ocorreram na BR 101 (28%)
– Dezembro foi o mês com o maior número de mortes (55 mortes)
– As rodovias federais BRs 101, 470 e 282 concentraram 351 mortes (77%)

Mortes nas rodovias federais de Santa Catarina:

BR 101 – 128 mortes
BR 470 – 114 mortes
BR 282 – 109 mortes
BR 280 –   45 mortes
BR 116 –   39 mortes
BR 153 –   09 mortes
BR 163 –   06 mortes
BR 158 –   03 mortes
BR 480 –   02mortes

Conclusões sobre acidentes fatias envolvendo motociclistas:

– Foram 81 motos envolvidas em acidentes fatais, com 82 mortos.
– Dos 82 mortos, 77 eram condutores e 05 eram passageiros.

Das 81 motos envolvidas em acidentes fatais, 60 motos (74%) eram até 150 cilindradas.

Das 82 vítimas fatais em acidentes com motos, 68% tinha, no máximo, 40 anos de idade.

Menor de 18 anos – 03 mortos, sendo que dois eram condutores com 17 anos
Entre 18 e 24 anos – 20 mortos
Entre 25 e 30 anos – 13 mortos
Entre 31 e 40 anos – 20 mortos
Entre 41 e 50 anos – 16 mortos
Mais que 50 anos – 10 mortos

– Dos 81 acidentes fatais envolvendo motos:
18 ocorreram entre meia-noite e 05h59
15 ocorreram entre 06h00 e 11h59
24 ocorreram entre 12h00 e 17h59
24 ocorreram entre 18h00 e 23h59

Conclusões sobre acidentes fatais envolvendo pedestres:

Foram 63 pedestres atropelados e que faleceram no local do acidente.

43 pedestres (68%) morreram na BR 101.

12 pedestres (19%) morreram na Grande Florianópolis (São José, Palhoça e Biguaçu).

Dos 63 pedestres atropelados e mortos (53 foram identificados e sabemos a idade), 32 pedestres (60%) tinham mais que 40 anos de idade.
Menor de 18 anos – 02 mortos
Entre 18 e 24 anos – 05 mortos
Entre 25 e 30 anos – 04 mortos
Entre 31 e 40 anos – 10 mortos
Entre 41 e 50 anos – 20 mortos
Mais que 50 anos – 12 mortos
Não identificados – 10 mortos

Dos 63 acidentes fatais envolvendo pedestres, 77% ocorreram no período noturno (das 18 horas às 06 horas da manhã):
13 (20%) ocorreram entre meia-noite e 05h59
07 ocorreram entre 06h00 e 11h59
07 ocorreram entre 12h00 e 17h59
36 (57%) ocorreram entre 18h00 e 23h59

Conclusões sobre acidentes fatais envolvendo ciclistas:

22 ciclistas morreram em acidentes nas rodovias federais de Santa Catarina em 2015
11 ciclistas (50%) morreram na BR 101 e outros 05 morreram na BR 470. Essas duas rodovias foram responsáveis pela morte de 73% dos ciclistas.

Dos 22 ciclistas mortos (21 foram identificados e sabemos a idade), 08 ciclistas (38%) tinham mais que 50 anos de idade.

Menor de 18 anos – 01 morto
Entre 18 e 24 anos – 02 mortos
Entre 25 e 30 anos – 01 morto
Entre 31 e 40 anos – 05 mortos
Entre 41 e 50 anos – 04 mortos
Mais que 50 anos – 08 mortos
Não identificados – 01 morto

Dos 22 acidentes fatais envolvendo ciclistas, 64% ocorreram no período noturno (das 18 horas às 06 horas da manhã):
08 (36%) ocorreram entre meia-noite e 05h59
05 ocorreram entre 06h00 e 11h59
03 ocorreram entre 12h00 e 17h59
06 ocorreram entre 18h00 e 23h59

Do Notícias de Joinville – Por PRF SC.

COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE