Giassi e Bistek enviam email polêmico a fornecedores, entenda o caso

PUBLICADO: 01/08/2017 - 1:10 | ATUALIZADO: 01/08/2017 - 1:10

DE VICTOR HUGO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

As redes de supermercados Giassi e Bistek estão pressionando fornecedores  que vendem produtos também para a rede Fort Atacadista no Sul do Estado. Correspondências enviadas pelas duas redes a fornecedores foram divulgadas pelo jornalista André Roldão, de Criciúma, em sua página no Facebook.

O caso envolve a inauguração de uma unidade do Fort Atacadista em Içara, que deve acontecer dia 2 de agosto, próxima quarta-feira.

Em carta a fornecedores, o Giassi diz que irá cobrir os preços praticados pelo Fort e qued ebitará a diferença na conta do fornecedor.

Já o Bistek diz que praticará preços 0,01 centavo abaixo do anunciado pelo Fort e que isso irá gerar uma verba a ser debitada ao fornecedor.


Em entrevista divulgada pelo jornal O Içara na internet, o diretor Osni Giassi confirmou a carta e disse que a intenção é apenas “proteger nossos consumidores”.

A postura das duas redes foi bastante criticada nas redes sociais.

Fica uma pergunta: a pressão atingiu também a Sadia, Perdigão, Nestlé, Ambev e outros grandes grupos ou foi só em cima dos fornecedores menores?

Seria um interessante case de mercado conhecer a reação da The Coca-Cola Company a uma ameaça dessas, por exemplo.

Do Noticenter


COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE