Vigilância de Joinville alerta para vacinação em clínicas particulares

PUBLICADO: 13/04/2018 - 0:58 | ATUALIZADO: 13/04/2018 - 0:58

DE VICTOR HUGO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

A Vigilância Sanitária faz um alerta às empresas que contratam serviços de vacinação, principalmente com objetivo de prevenir a gripe. Se a vacinação for realizada nas instalações da empresa, a responsável por prestar o serviço tem de apresentar o Alvará Sanitário para o evento de vacinação extramuro, com endereço do local onde serão feitos os procedimentos, além do Alvará Sanitário normal.

A gerente da Vigilância Sanitária, Edilaine Pacheco Pasquali, comenta que é excelente que as vacinas sejam oferecidas aos funcionários, mas é preciso o alvará do evento para comprovar o registro e a origem das vacinas. “Esta documentação vai garantir a segurança da vacinação fora do ambiente apropriado”, explica, Edilaine.

A Vigilância Sanitária tem recebido denúncias de que clínicas de outros municípios que tem sido contratadas para vacinar em Joinville, mas que não estão cumprindo os requisitos corretamente. “O Alvará Sanitário do evento é a segurança de quem está contratando o serviço”, concluir Edilaine. A Vigilância Sanitária está atuando em conjunto com o Setor de Imunização da Vigilância em Saúde.

Campanha da gripe

A campanha de vacinação contra a gripe para os grupos de risco – idosos, gestantes, professores, mulheres em período pós parto (puérperas), crianças de 6 meses a menores de 5 anos, portadores de doenças crônicas e profissionais da saúde – inicia no dia 23 de abril e segue até o dia 1º de junho. O dia D acontece no dia 12 de maio. O atendimento será nas unidades de saúde do município.

COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE