Centro animal de Joinville suspende novos acolhimentos

PUBLICADO: 04/07/2018 - 21:07 | ATUALIZADO: 04/07/2018 - 21:07

DE VICTOR HUGO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

A Prefeitura de Joinville, através da Secretaria da Agricultura e do Meio Ambiente (Sama), suspendeu temporariamente os serviços de doação e acolhimento de novos animais no Centro de Bem-estar Animal (CBEA). O motivo é o tratamento em quatro filhotes de cães infectados pela doença cinomose.

A medida é preventiva para evitar que outros animais sejam contaminados. A suspensão do acolhimento vai durar até o final da recuperação.

Como é uma doença transmissível, os cães infectados estão isolados dos. Os filhotes passam por avaliação veterinária de acompanhamento e monitoramento da doença. Todos receberam as medicações referentes ao tratamento.


Em novembro do ano passado, a mesma doença causou a interdição do Centro de Bem-estar Animal durante quatro meses. Naquele período, 19 cães passaram por tratamento. Em abril a unidade foi desinterditada.

A cinomose é uma doença que atinge somente cães. Ela não é contagiosa aos humanos. Mesmo assim, são tomadas medidas de cuidados para evitar a contaminação de outros animais.

Atualmente o Centro de Bem-estar Animal tem 56 animais abrigados. A unidade é responsável pelo acolhimento de animais vítimas de maus-tratos e animais de rua sem tutor (dono) que estejam feridos ou doentes.


COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE