Justiça cassa direitos políticos de Antony Garotinho

PUBLICADO: 27/07/2018 - 18:30 | ATUALIZADO: 27/07/2018 - 18:30

DA AGÊNCIA BRASIL - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

A 6ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Cidadania da Capital, do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), obteve na Justiça, em segunda instância, a condenação do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, por improbidade administrativa. Com a decisão, Garotinho fica com os direitos políticos cassados por 8 anos e ainda terá que pagar multa R$ 2 milhões por danos morais e multa de R$ 500 mil.


Na ação, Garotinho é acusado pelo MPRJ de participar de esquema criminoso que desviou R$ 234,4 milhões da Secretaria estadual de Saúde no período de 2005 a 2006. Na época, o estado era governado pela mulher do político, Rosinha Matheus, e Garotinho era seu secretário de Estado de Governo.


COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE