Jornalista pede demissão ao vivo após entrevista com Bolsonaro

PUBLICADO: 23/10/2018 - 12:41 | ATUALIZADO: 03/11/2018 - 14:19

DE VICTOR HUGO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

Um jornalista de uma rádio gaúcha se demitiu ao vivo, após o candidato a presidência Jair Bolsonaro conceder entrevista, porém Bolsonaro pediu apenas para responder a perguntas do âncora do programa, o que teria sido uma exigência para sua participação.

O caso aconteceu na Rádio Guaíba, de Porto Alegre (RS), Juremir Machado é jornalista e participava do programa que tem como âncora Rogério Mendelski.


Após a entrevista, Machado questionou se poderia dizer que havia sido censurado por Bolsonaro. “Por que não podíamos fazer pergunta? Eu achei humilhante e por isso estou saindo do programa. Foi um prazer trabalhar aqui por 10 anos”, declarou o jornalista, abandonando a bancada.

O âncora do programa disse que essa foi uma exigência do candidato e que “lamenta” a saída de Machado. Outro jornalista do programa, Jurandir Soares, disse que o pedido de Bolsonaro era “normal”. O outro jornalista do programa, Voltaire, sobre o que ele achava. “Eu preciso trabalhar, né? Preciso de emprego”, respondeu. Veja o vídeo abaixo.


COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE