Rodrigo Coelho lutará contra reajuste salarial dos deputados federais

PUBLICADO: 29/10/2018 - 2:25 | ATUALIZADO: 03/11/2018 - 14:19

DE VICTOR HUGO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

Joinville – SC: O atual vereador Rodrigo Coelho e recém-eleito deputado federal pelo Partido Socialista Brasileiro por Santa Catarina (PSB), tem se manifestado contrário a uma possível manobra para aumento salarial dos deputados, que segundo fontes, tentarão colocar em pauta já em 2019 no congresso, assim como ocorreu logo após as últimas eleições.

De acordo com Coelho, há articulações em Brasília para votar já no primeiro semestre de 2019 um aumento de cerca de 16% no salário dos deputados federais, usando como base o aumento dado ao ministros do Supremo Tribunal Federal por eles mesmos.

Coelho é membro da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS), uma entidade não governamental que luta para combater a corrupção, a impunidade, os privilégios, a discriminação e a desigualdade.


Coelho frisa que não se pode permitir que isso ocorra e pede que a população assine o manifesto criado pelo recém-eleito deputado federal pelo Partido Novo de São Paulo Vinícius Poit, o qual também é membro da RAPS, o documento precisa de um milhão de assinaturas para que seja protocolado no congresso, conforme apurado mais 600 mil pessoas já haviam assinado a petição contra o aumento.

Rodrigo diz que não aceitara o aumento, caso aprovado: Estarei compondo uma das cadeiras da Câmara dos Deputados a partir de 1º de fevereiro de 2019, e caso esse reajuste seja aprovado até lá, já me comprometo a não aceitá-lo. Junte-se a mim e as mais de 300 mil pessoas que repudiam esse absurdo!”

Rodrigo Coelho vai renunciar ao mandato de vereador em Joinville em dezembro para ocupar a cadeira de deputado federal em Brasília, no seu lugar assume Iracema do Retalho, que ficou na primeira suplência do partido nas eleições de 2016.


COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE