SÉRGIO SILVA: Prefeito de Joinville começa ensaios para 2020

PUBLICADO: 07/11/2018 - 21:12 | ATUALIZADO: 08/11/2018 - 0:31

DA REDAÇÃO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

Embora ainda estamos exatos dois anos do próximo pleito, alguns movimentos começam a ser notados, mesmo que de forma discreta, o prefeito Udo Döhler (MDB), já tem pensado em mexer nas peças de seu tabuleiro. Já que agora ele deve dar o tom na eleição municipal, já que Mauro Mariani (MDB) não conseguiu agradar ao partido em geral com sua campanha desastrosa ao governo do estado.

PRESIDÊNCIA DA CÂMARA: O jogo político do prefeito deve começar pela câmara de vereadores, aonde ele tem maioria explícita para fazer o que quer e segundo fontes internas à de dois a três vereadores que estariam na mira do prefeito para ser o presidente da casa a partir de 2019, seriam eles Maurício Peixer (PR), Cláudio Aragão (MDB) e Roque Mattei (MDB).

Maurício Peixer faz parte da base do prefeito, tem anos de casa e um trânsito livre no governo, mas segundo pessoas próximas ele não estaria a vontade para ser presidente, mas ainda é uma opção.

Cláudio Aragão é líder do governo, é um tipo de pombo correio, é ele que determina o que o prefeito diz para aprovar ou não. Mas tem um temperamento forte, um ótimo ciclista e defende Udo com unhas e dentes, porém mesmo com toda essa bagagem Aragão gosta de estar perto da comunidade, e para uma reeleição a presidência seria inoportuna, já que toma tempo e isenta ele de muito do que pode ou não fazer.

Roque Mattei já disse em entrevista ao Jornal ANotícia que pode vir a assumir sua vaga de vereador ao qual foi eleito, não seria o nome para ser presidente da câmara, mas é o nome mais cotado para a prefeitura pelo MDB em 2020.


Mattei é atual secretário da educação, mas não se espante em ver ele em todo o tipo de inauguração ou evento ao lado de Udo, até no evento mais simples, como a entrega de uma lombada, ali vão estar sempre, Roque Mattei e Cláudio Aragão.

A também um investimento forte na pasta dele, para reforma de CEIs e escolas e propagandas na televisão já estão dando essa adendo se você perceber.

Mesmo com o déficit de vagas nas creches, a prefeitura insiste em dizer que não para de construir CEIs.

Por que Roque Mattei assumiria agora o cargo de vereador?. A lógica é simples, pegar quase 6 (seis) anos a frente da educação e levar como bandeira para dentro da câmara. Como secretário a visibilidade é menor, mas como vereador se souber usar as ferramentas pode ganhar mídia, que é a lógica do tabuleiro de Udo.

Fernando Krelling não terminou o seu primeiro mandato como político e saiu a deputado estadual, seria um tiro no pé dele e de Udo, se jogar como candidato a prefeito, já que o mesmo recebeu inúmeras críticas de eleitores que votaram nele em 2014 e nao gostaram nada de ele ter saído a deputado estadual em 2018.

Na realidade só vamos entender o que se passa na cabeça do prefeito quando o novo presidente for eleito, mas isso só ano que vem.


COMENTE SOBRE ESSA MATÉRIA

COMPARTILHE