COTIDIANO: Câmara de Joinville cria bloco com 11 vereadores de 7 partidos

PUBLICADO: 05/02/2019 - 1:51 | ATUALIZADO: 10/04/2019 - 2:28

DO COTIDIANO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

A Câmara de Vereadores de Joinville iniciou 2019 de forma diferente, primeiro a escolha dos membros das comissões foi adiada por um requerimento do vereador Richard Harrison (MDB) que adiou a votação e foi criticado pelos outros vereadores inclusivo do próprio MDB, foram eles Odir Nunes (PSDB), Maúricio Peixer (PR), Tânia Larson (SD), Rodrigo Fachini (MDB) e Ninfo König (PSB). Um requerimento de Harrison (MDB) adiou a votação das comissões, em virtude da votação da maioria.


Blocão: O vereador do Partido da República Mauricio Peixer informou a criação de um bloco que poderá ser de uma possível oposição responsável a atual gestão do prefeito de Joinville Udo Döhler (MDB). Serão 11 o número de vereadores a fazer parte desse blocão, no total serão sete partidos como PSB, PSDB, PR, SD e PSC. O líder será Maurício Peixer (PR).






Oposição ou posição: A criação do bloco de uma possível oposição responsável ao governo UDO é bem vinda para uma Câmara que até o momento serviu apenas como cartório de homologação do prefeito de Joinville, isso é bom para a população que até o momento tinha apenas que acatar tudo que era demandado pelo prefeito UDO DÖHLER para os vereadores, o vereador Rodrigo Fachini do MDB também já demonstra um certo desgaste com o executivo e quem sabe poderá vir a trocar de partido.

A criação desse bloco é tardia, mas não ruim, apesar de ter como olhos as eleições de 2020, poderá ser uma boa maneira de a Câmara de vereadores estar alinhada com os pensamentos da população.


DEIXE SEU COMENTÁRIO...