COTIDIANO: Rotativo de Joinville “Gratuito”, não será de graça

PUBLICADO: 10/04/2019 - 23:31 | ATUALIZADO: 10/04/2019 - 23:31

DO COTIDIANO - PARA: DIÁRIO DO COTIDIANO | FALE CONOSCO

O estacionamento rotativo de Joinville (SC), será implantado oficialmente no dia 26 de abril, quase 100 agentes de trânsito e da Guarda Municipal foram treinados para operar no novo sistema “Gratuito”, mas de graça nem injeção na testa. Para implantar o sistema a prefeitura está usando um artifício de gratuidade, porém está investindo em treinamento, tablets e sistema para operação do novo sistema, além de novos agentes ou realocação dos já atuantes.

Havia um alerta: O parecer do Jurídico da Câmara de Vereadores de Joinville, deu parecer negativo ao novo sistema devido a Prefeitura não informar de onde viria a receita necessária para manter o sistema, mas a grande verdade é que as “MULTAS“, serão a receita para custear e manter o sistema tido como único no Brasil, ou a não reforma do cálculo da COSIP, que poderá chegar a um lucro bruto de R$ 75 milhões em 2019. O que para entender melhor “aquilo cobre isso”.

Mas o que tem Estacionamento com Cosip: A Prefeitura de Joinville havia anunciado a possível revisão do modelo de cobrança da COSIP e ao mesmo tempo anunciou o novo modelo de ESTACIONAMENTO ROTATIVO GRATUITO na Câmara de Vereadores. A verdade é que a reforma da COSIP não deve seguir em frente, já o estacionamento terá seu custo, que poderá ser coberto pelo valor não revisional da COSIP ou pelas MULTAS aplicadas pelos agentes de trânsito.





Como virá a receita: Quando se fala em estacionamento gratuito, a Prefeitura de Joinville quer lançar a população algo que não existe, porquê as pessoas acabarão pagando por isso, seja pelo aumento de outras taxas ou pela a arrecadação com multa que num cálculo baixo poderá chegar a meio milhão de reais ao ano com infrações de estacionamento.

Como deve funcionar: Segundo a Prefeitura, nesta primeira etapa serão implantadas 905 vagas, com tempo de utilização do espaço limitado a até duas horas. O período de uso será de segundas a sextas-feiras das 8h30 às 18h30 e aos sábados das 8 às 13 horas. Nos casos de desacordo com a norma serão autuados por infração do Código de Trânsito Brasileiro, por estacionamento irregular (R$ 195,23). Os veículos também poderão ser guinchados do local. A mesma vaga só poderá ser utilizada uma única vez no dia por cada veículo.



DEIXE SEU COMENTÁRIO...