Paratletas de Joinville participam do Circuito Loterias Caixa

PUBLICADO: 03/04/2019 - 20:42 | ATUALIZADO: 03/04/2019 - 20:42

DA REDAÇÃO | FALE CONOSCO

De 12 a 14 de abril, a equipe de paratletas de Joinville participa da etapa regional Rio-Sul do Circuito Brasil Loterias Caixa de 2019, em Curitiba. O grupo é composto por 43 atletas com deficiência visual ou física e vai disputar a última competição classificatória para a etapa nacional do circuito.

Esta será a quarta e última etapa regional. A primeira fase das regionais aconteceu em São Paulo, de 22 a 24 de fevereiro. Em março, aconteceram as fases Norte-Nordeste, em João Pessoa (PB), de 15 a 17, e Centro-Leste, nos dias 30 e 31, em Uberlândia (MG).

A equipe joinvilense é composta por atletas do Centro Esportivo para Pessoas Especiais (Cepe), da Associação Joinvilense para Integração dos Deficientes Visuais (Ajidevi), da Associação Paralímpica de Joinville (APJ) e da Associação dos Corredores de Rua de Joinville (Corville), com o apoio da Secretaria de Esportes de Joinville (Sesporte). Os paratletas vão competir nas modalidades de atletismo e natação.

Para a coordenadora do Paradesporto da Sesporte, Rosicler Ravache, a expectativa é de mais uma vez classificar atletas para as etapas nacionais. “Todos os anos temos atletas bem ranqueados. Acreditamos que vamos classificar 50% dos nossos atletas”, comenta Rosicler. Para participar das etapas nacionais do Circuito Brasil Loterias Caixa, o atleta precisa alcançar os índices estabelecidos pelo departamento técnico do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Em setembro e outubro, acontece a terceira fase nacional, que receberá a denominação de Campeonato Brasileiro, reunindo os melhores do ano. As três competições da fase nacional serão realizadas no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. O Circuito Brasil Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, halterofilismo e natação.

Composto por quatro fases regionais e três nacionais, tem o objetivo de desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e Estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país.