MBL vira inimigo de apoiadores de Bolsonaro ao retirar apoio

PUBLICADO: 19/05/2019 - 19:40 | ATUALIZADO: 19/05/2019 - 19:42

DA REDAÇÃO | FALE CONOSCO

O Movimento Brasil Livre (MBL), se tornou o principal alvo dos apoiadores do Governo de Jair Bolsonaro após declaração de seu atual líder à Revista Época. Uma dos principais recuos será no ato do próximo dia 26, em que apoiadores de Jair Bolsonaro querem mostrar sua força, mas o MBL já desembarcou e afirmaram que não irão apoiar o ato, outros membros da direita como a Deputada Janaína Paschoal, também se recusou a apoiar a mobilização.

A hastag #MBLtraidoresdaPatria ficou entre as mais comentadas no Twitter neste domingo (19). Na entrevista a Revista Época o líder do MBL disse Bolsonaro é o maior inimigo da direita.
“O governo Bolsonaro é o maior inimigo da direita republicana, que é o que a gente defende (…) Defender que a articulação política é crime vai contra o que a gente representa. O Bolsonaro é a morte de nossa ideia”

GURU: Olavo de Carvalho criticou o MBL, dizendo que o grupo tem inveja doentia e conspira contra Bolsonaro.

DESEMBARCANDO: Assim como o MBL, outros apoiadores de Bolsonaro já estão desembarcando. O economista Delfim Neto, o empresário Flávio Rocha, das lojas Riachelo.