Hospital de Nova Trento (SC) e suspeito de cobrar por pacientes do SUS

PUBLICADO: 24/07/2019 - 17:43 | ATUALIZADO: 24/07/2019 - 17:43

DA REDAÇÃO | FALE CONOSCO

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio das Delegacias de Nova Trento e São João Batista, realizou na tarde de terça-feira (23) uma operação com o objetivo de investigar supostos crimes de corrupção que estariam sendo praticados por profissional da saúde em estabelecimento hospitalar em Nova Trento.

 Após denúncia, foi instaurado Inquérito Policial com o objetivo de apurar cobrança de valores indevida para a realização de cesáreas e laqueaduras no estabelecimento hospitalar. Esses atendimentos são integralmente custeados pelo SUS – Sistema Único de Saúde – o que configuraria o crime de corrupção passiva, previsto no art. 317, do Código Penal.

 Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão com a finalidade de realizar a coleta de elementos de informação para a continuidade das investigações. Os mandados foram cumpridos em duas clínicas particulares, em São João Batista e em Itapema, e no Hospital em Nova Trento. Todos foram expedidos pelo Poder Judiciário de São João Batista.

 A Polícia Civil solicita que pessoas que tenham efetuado pagamento por cesáreas e laqueaduras realizadas no Hospital em questão, entrem em contato com a Delegacia de Polícia de São João Batista ou de Nova Trento, para auxiliarem nas investigações.